Carregando..

Notícias

#CrieOPIsoDaEnfermagem em Três Corações


Você já viu, em algum momento, a Enfermagem mineira tão ativa na defesa dos seus direitos?

Essa pergunta nos fizemos diversas vezes. A resposta que temos é sempre que este trata-se de um momento histórico. A união entre a categoria e o Coren-MG tomou as ruas e está ficando impossível que Zema continue ignorando a questão.

A EPTV, afiliada da Globo no Sul de MInas, destacou por quase 3 minutos a manifestação ocorrida em Três Corações, o que também foi destaque no G1.

O evento foi organizado pela técnica de enfermagem Taís Marinho Lúcio, pela enfermeira Imaculada Aparecida Cardoso, que também é técnica de enfermagem, pela auxiliar de enfermagem Isabel Cristina Ferreira e pela enfermeira Ranile Santos Silva. Representando o Coren-MG, o Enfermeiro Jaime Bernardes elogiou o trabalho de mobilização de todos os profissionais da Enfermagem ali presentes.

Com cartazes, técnicos, auxiliares e enfermeiros receberam apoio das pessoas nas ruas.

Imaculada Aparecida Cardoso destacou a importância do piso para os profissionais que estão à frente da luta contra a pandemia. Já a enfermeira Isabel Cristina destacou como venceu a Covid-19 e agora está na luta com seus colegas e auxiliando os pacientes.

Apesar do apoio, que agradecemos, o que a classe precisa mesmo é de valorização.

Como era de se esperar, mesmo sendo cobrado pela EPTV, Zema não quis responder à Enfermagem mineira. Até quando Romeu Zema?

É por isso que não vamos parar! Faça você também esse movimento em sua cidade. Em breve, teremos novos movimentos em outras cidades a destacar, manifestações tais que estão ficando cada vez maiores, Romeu Zema.

É hora de você ir até a página de Romeu Zema e do governo e deixar a hashtag #CrieOPisodaEnfermagem.

Não vamos desanimar! O silêncio é o mesmo que aconteceu durante 3 meses, e agora a pressão precisa ser ainda maior. Temos certeza que ele não poderá desprezar 200 mil famílias que deram votos a ele.

A força da Enfermagem pode fazer a diferença para quem se colocou como uma esperança, mas está se revelando intransigente. Do mesmo modo que cobra, o Coren-MG vai elogiar com a entrega, pelo governador, do projeto de piso salarial.