Carregando..

Notícias

Nota de repúdio ao concurso da prefeitura de Imbé de Minas


O Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais (Coren-MG) vem a público manifestar sua mais veemente indignação em relação ao Edital de Concurso Público N° 01/2020, da Prefeitura de Imbé de Minas. No documento, constam 2 vagas para enfermeiro e 1 para técnico de enfermagem, cujas remunerações oferecidas são R$ 1.395,00 e R$ 1.045,00, respectivamente.

É de nos causar espanto a desvalorização dos profissionais de Enfermagem pela referida prefeitura, ainda mais no momento atual, em que ficam evidentes a importância da categoria e os riscos a que está sujeita por estar na linha de frente não só do combate à Covid-19, como de uma série de outras doenças.

Este desmerecimento ficou ainda mais claro ao compararmos as remunerações oferecidas à Enfermagem com aquelas destinadas a profissionais dos quais é exigida apenas a condição de serem alfabetizados. A eles é oferecida a remuneração de R$ 1.045,00, ou seja, a mesma destinada aos técnicos e apenas R$ 300,00 a menos do que é pago para enfermeiros.

Devemos lembrar que, para se tornar enfermeiro, são necessários, no mínimo, 16 anos de estudo, e para o técnico, 13, enquanto que para ser alfabetizada uma pessoa leva um ano. Sem contar que os profissionais de Enfermagem necessitam investir em educação continuada, que os mantenha atualizados acerca de novas técnicas e metodologias indispensáveis para a prática do cuidado profissional.

Destacamos que a Enfermagem é uma ciência, arte e uma prática social indispensável à organização e ao funcionamento dos serviços de saúde. Possui capacidade técnica, científica e ética para cuidar da vida da humana. Portanto, tem direito a uma remuneração digna e a condições adequadas de trabalho, que possibilitem um cuidado profissional seguro e livre de danos.

Importante frisar que não é ilegal que a prefeitura ofereça tais salários de voluntariado, mas é de uma imoralidade sem fim. Diante disso, o Coren-MG enviará ofício exigindo explicações, mas é necessário que o profissional também nos apoie, cobrando da prefeitura pelo email e também não aceitando tais vagas.

Enquanto isso, lutamos por respeito, valorização e também para que o piso da categoria venha ainda esse ano, o que pode acontecer se a parceria entre os profissionais da Enfermagem e o Coren-MG se mantiver, condição tal que já gerou diversos resultados positivos.

É sempre bom lembrar, #ZemaRecebaOCorenMG

Veja o edital da prefeitura de Imbé de Minas aqui.