Carregando..
Coren-MG

Coren-MG

Sede: Rua da Bahia, 916, Centro - Belo Horizonte - MG - CEP 30.160-011

Telefone: (31) 3238-7500
0800-006-3023 - Somente de telefone fixo

Email: registro@corenmg.gov.br

Atendimento: Segunda a sexta, de 7h às 18h, por meio de agendamento


Coren-MG - Pesquisas Online

Pesquisas Online

Com o objetivo de apoiar a Ciência e dar visibilidade às pesquisas da Enfermagem e da Saúde, reunimos aqui os questionários que buscam coletar dados para pesquisas.

Esclarecemos que os conteúdos aqui publicados são de autoria exclusiva das entidades e grupos de pesquisadores e o Coren-MG não se responsabiliza pelas matérias tratadas.

Quer divulgar sua pesquisa no site do Coren-MG? Envie um e-mail para gab@corenmg.gov.br solicitando a divulgação contendo uma breve explicação, o link para a pesquisa e o período de validade do questionário.

É o Coren-MG apoiando a ciência!

FATORES DE RISCO E DE PROTEÇÃO DE ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19: ESTUDO MULTICÊNTRICO COM PROFISSIONAIS E ESTUDANTES DE SAÚDE DO BRASIL
Até 01/02/2021
Tânia Maria de Oliva Menezes Adriana Valéria da Silva Freitas Ana Júlia Leme Scatena Ana Paula Ribeiro Claudia Aparecida de Morais Carolina Braga de Resende M. Cristiane Maria da Conceição Griffin Eliseth Ribeiro Leão Gabriela Guimarães Machado Jane de Eston Armond Juliana Santana de Freitas Larissa Chaves Pedreira Patrícia Colombo de Souza Renato França da Silva Rosário Caruso Tiziana Nania.
Carolina B Resende M
carolina.mascarenhas@newtonpaiva.br
(31) 9.9831-1168
Descrição / Objetivo

Profissionais de saúde dos diferentes níveis de atenção – primário, secundário e terciário, e estudantes universitários vêm realizando intenso trabalho na assistência aos pacientes acometidos pela COVID-19, bem como na produção de conhecimento e ações educativas em saúde para a população, ocupando papéis relevantes no enfrentamento da pandemia. Todavia, estudo recente apontou que estes profissionais estão em risco de adoecimento a curto e longo prazos, relacionado ao estresse e traumas gerados pelo COVID-19. O estresse pós-traumático é uma síndrome psiquiátrica que se refere a um distúrbio de ansiedade, o qual pode se desenvolver em indivíduos que passaram por um evento traumático. No entanto, pouco se compreende dos do estresse e seus fatores de risco e proteção nesses profissionais de saúde atuantes no enfrentamento da pandemia.

Objetivo

: Identificar fatores de risco e de proteção de estresse pós-traumático em profissionais e estudantes da área de saúde durante a pandemia de COVID-19 no Brasil.

Casuística e Métodos

: Será conduzido um estudo multicêntrico observacional e transversal em parceira do Brasil (Salvador-BA, Belo Horizonte-MG, Brasília – DF e São Paulo-SP) com a Itália (Milão). A amostra do estudo será realizada por conveniência, no qual serão convidados profissionais de saúde atuantes na assistência de enfrentamento da pandemia ao COVID-19, sendo eles profissionais de saúde e estudantes de graduação da área da saúde, maiores de 18 anos. A coleta de dados por meio de questionários ocorrerá por meio da aplicação online dos instrumentos, utilizando o software Qualtrics.

Para acesso aos formulários:

Profissionais da saúde devem acessar: https://unicatt.eu.qualtrics.com/jfe/form/SV_9oVekVppW7mf3wx

Estudantes da área da saúde devem acessar: https://unicatt.eu.qualtrics.com/jfe/form/SV_aaeN1rNt7ElJiiF

Adriana Aparecida Paz
adrianap@ufcspa.edu.br
(51) 9.9947-5553
Descrição / Objetivo

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível de impacto individual e coletivo. No território brasileiro, Rio Grande do Sul e Porto Alegre destacam-se pelas elevadas taxas de detecção da sífilis, que podem estar atribuídas à exposição sexual desprotegida, tratamento inadequado, insuficiência de acesso rápido à informação específica dos fluxos locais de diagnóstico e tratamento, e conhecimento insuficiente do profissional na gestão dos casos de sífilis adquirida e gestacional na Atenção Primária à Saúde e Serviços Especializados em Infecções Sexualmente Transmissíveis. Objetivo: Desenvolver uma aplicação móvel (app) para a gestão de casos de sífilis adquirida e gestacional. Resultado esperado: Promover a ampliação do conhecimento e a melhoria do processo de trabalho dos profissionais da saúde. Reduzir a taxa de incidência dos casos de sífilis adquirida e gestacional no território brasileiro, refletindo diretamente na redução da mortalidade fetal, abortos e da mortalidade prematura de diferentes grupos etários da população.

HERTALINE MENEZES DO NASCIMENTO ROCHA
hertaline@hotmail.com
(79) 9.8805-2939
Descrição / Objetivo

A pesquisa “Efeitos da internação no pronto-socorro no tempo de permanência hospitalar, mortalidade e na ocorrência de eventos” busca avaliar os efeitos das internações e desenvolver um sistema de monitoramento no pronto-socorro (PS).

Os enfermeiros podem participar do estudo respondendo o formulário online que busca analisar a percepção dos profissionais sobre o impacto da superlotação do PS nos cuidados da enfermagem.

O estudo está sendo desenvolvido pela pesquisadora e docente da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Hertaline Menezes. Para a pesquisadora, as análises vão contribuir para uma melhoria na qualidade da assistência prestada aos pacientes na internação dos prontos-socorros.

Medo do Covid-19 e qualidade de vida profissional entre Enfermeiros
Até 30/11/2021
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM-Campus Unaí).
Eric Francelino Andrade
eric.andrade@ufvjm.edu.br
(38)3532-1240
Descrição / Objetivo

Este estudo tem por objetivo  examinar os níveis de medo do COVID-19 (Coronavírus) e a qualidade de vida profissional em enfermeiros durante a pandemia. A pesquisa leva aproximadamente 10 minutos para ser concluída. Suas informações pessoais serão mantidas estritamente confidenciais e serão utilizadas apenas para fins de pesquisa. A permissão necessária do comitê de ética foi obtida sob protocolo: CAAE 38628620.6.0000.5108.  Obrigado pela sua colaboração.

Pesquisa Nacional: Práticas de Enfermagem no Contexto da Atenção Primária à Saúde
Até 31/12/2020
Cofen, UnB, Conass, Conasems, Abefaco e OPAS/MS
UnB
atendimento@unb.br
(61) 3107-1820
Descrição / Objetivo

Esta pesquisa foi criada através da parceria do Cofen, UnB, Conass, Conasems, Abefaco e OPAS/MS com o objetivo de compreender as práticas de Enfermagem contextualizando cenários de atuação e perfis de enfermeiros e enfermeiras do Brasil. Para tanto, serão aplicados questionários online e realizadas entrevistas com enfermeiros(as) de todo o país.

Somente enfermeiros(as) da APS e/ou Estratégia Saúde da Família (ESF) estão convidados a participar. O acesso ao questionário pode ser feito diretamente por meio deste link:  ou, nos sites do Cofen; Ecos/UnB; Conasems; Conass e Abefaco.

Dúvidas ou outras informações, favor entrar em contato por meio do telefone (61) 3107-1820.

Marcelo Rodrigues dos Santos, PhD
--
(11) 3333.3333
Descrição / Objetivo

estudo, elaborado pelo Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (InCor, HC-FMUSP) verificará se pacientes fisicamente ativos apresentam melhores desfechos para a Covid-19, tais como menor tempo de internação hospitalar, menos sintomas, menor necessidade de uso de ventilação mecânica e menor uso de medicações, avaliando assim “o impacto do exercício físico, da atividade física e do sedentarismo nos desfechos clínicos em pacientes sobreviventes infectados pelo vírus SARS-CoV-2”.

Adriana C. Oliveira
adrianacoliveira@gmail.com
(31) 3499.4592
Descrição / Objetivo

Esta pesquisa pretende fornecer uma aproximação do conhecimento acerca do perfil dos profissionais atuantes na linha de frente do enfrentamento da pandemia da Covid-19:

Domínio sobre o tema, a construção do seu conhecimento, a confiança em sua atuação, nos protocolos institucionais, disponibilidade e condições do equipamento de proteção individual (máscara cirúrgica, N95, avental descartável, luvas, dentre outros) nos serviços de saúde.

Esse conhecimento poderá contribuir para o direcionamento de ações, estratégias e políticas públicas que promovam a melhoria da assistência prestada e visem maior segurança do profissional de saúde atuante no enfrentamento da pandemia do SARS-CoV2.

UECE
atendimento@uece.br
(85)3101.9605
Descrição / Objetivo

Coordenada por docentes do Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família, na Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família, na Universidade Estadual do Ceará (UECE). A pesquisa tem o potencial de contribuir para a compreensão do impacto da Covid-19 no trabalho e na saúde dos profissionais da área, subsidiando a proposição de estratégias voltadas à saúde do trabalhador.

Janaina Samantha Martins de Souza
janasamantha@hotmail.com
(51) 3320-3345
Descrição / Objetivo

Pais de crianças de 0 a 1 ano do Brasil inteiro estão convidados a participar da pesquisa “Orientações pediátricas recebidas por pais de lactentes sobre a síndrome de morte súbita do lactente: estudo de base populacional”. Uma iniciativa da enfermeira Janaina Samantha Martins de Souza, do Rio Grande do Sul, o trabalho visa verificar se este público recebe orientações sobre hábitos de sono seguro, medidas de prevenção da síndrome durante as consultas pediátricas de puericultura e se estas recomendações são seguidas.

--
--
(31) 3333.3333
Descrição / Objetivo

Esta pesquisa, elaborada por pesquisadores da UFF, UFRJ, UNIRIO, UERJ e UFOP, visa investigar a saúde mental dos profissionais atuantes na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Se você trabalha em hospital ou unidade de pronto atendimento, independente de qual função você exerce, responda e compartilhe o questionário. Você vai ajudar a entender os impactos da pandemia e auxiliar no planejamento de medidas de proteção.