Carregando..

Notícias

Profissionais e suas famílias gravemente afetados pela Covid-19 receberão indenização


O deputado federal Reginaldo Lopes, que esteve recentemente no Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais para conversar sobre leis que beneficiem a enfermagem, e a deputada federal Fernanda Melchiona, conseguiram aprovação de uma importante lei para toda a categoria. Profissionais que tenham sido afetados de modo grave pela Covid-19 agora podem ter direito à indenização.
 
O PL 1.826/2020, que segue agora para aprovação no Senado, determina que profissionais da enfermagem que tiverem danos permanentes devido à exposição ao coronavírus receberão indenização de R$ 50 mil. “Os índices de contaminação de pessoas que estão trabalhando no enfrentamento à pandemia são alarmantes, em todas as áreas. O Congresso Nacional precisa garantir auxílio àqueles que venham a não ter mais condições de exercer sua profissão devido à Covid-19. Os heróis e heroínas dessa guerra não podem ficar esquecidos”, afirmou Reginaldo.
 
O PL também trata do auxílio aos dependentes, herdeiros ou companheiros dos profissionais, em caso de óbito. Para cada ano que faltar até o dependente completar 21 anos será acrescida a indenização de R$ 10 mil.
 
O Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais agradece ao deputado Reginaldo Lopes por cumprir com a promessa anteriormente feita.
 
Sabemos que isso apenas foi possível devido às ações da enfermagem mineira em conjunto com o Coren-MG.  A força se faz mais necessária ainda para que outros projetos, arquivados há muito tempo, sejam colocados em votação adiante. Por isso, contamos com sua ajuda também no que diz respeito à luta pela jornada de trabalho e um piso salarial digno. Não duvidem da força da enfermagem mineira, pois #SemEnfermagemNãoTemBrasil