Publicador de Conteúdos e Mídias

Conselheiros da gestão 2018-2020 do Coren-MG comemoram posse

Na noite do dia 8 de março, foi realizada, no auditório do Coren-MG, a cerimônia comemorativa de posse e diplomação dos conselheiros eleitos para a gestão 2018-2020. O evento contou com a presença de conselheiras do Cofen, autoridades políticas, representantes de entidades da enfermagem, além de funcionários do Coren-MG. O Dia Internacional da Mulher foi escolhido como data para a cerimônia devido à representatividade feminina na profissão e a atual gestão ter à frente uma mulher. A mesa de abertura foi composta pelas conselheiras federais Nádia Mattos Ramalho e Orlene Dias Veloso, além da presidente do Coren-MG Carla Prado Silva.


 
Representando o presidente do Cofen, enfermeiro Manoel Neri, a conselheira federal Nádia Mattos Ramalho disse que a cerimônia era um grande momento para a categoria. “Essas eleições foram extremamente acirradas e, com certeza, aqui não foi diferente. Isso comprova a democratização dentro do Sistema”, afirmou. A enfermeira destacou, ainda, a transparência e a maior participação dos profissionais no processo eleitoral, que foi realizado pela internet.
 
Nádia Ramalho também ressaltou a importância da atual gestão, que será responsável por levar a voz dos inscritos ao Cofen, e o papel que já é exercido pelo regional mineiro junto ao Conselho Federal. “O Coren-MG está na vanguarda da política de enfermagem, por meio de pareceres e propostas que chegam ao Cofen”, acrescentou. A conselheira terminou sua fala parabenizando as mulheres, em especial, as profissionais de enfermagem, que trabalham em prol da qualidade de vida e em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
A conselheira federal Orlene Dias Veloso parabenizou a iniciativa do Coren-MG de realizar a cerimônia de posse no Dia Internacional da Mulher, ressaltando a importância da valorização das mulheres e voltou a atenção de ser a presidente, uma mulher. Ela aproveitou a oportunidade para disponibilizar apoio ao Conselho sempre que se fizer necessário.
  
Em seguida, a presidente do Coren-MG, enfermeira Carla Prado Silva, iniciou sua fala fazendo referência à participação feminina na enfermagem, ao marco que instituiu o Dia Internacional da Mulher e à violência a que ainda estão sujeitas. “Minas Gerais tem 181 mil profissionais de enfermagem. Desses, 159.600 são mulheres (87%). Não por acaso escolhemos a data de hoje, que é marcada por mulheres que lutaram e foram queimadas em uma fábrica”, apontou. Ela ainda fez referência ao fato de que, no Brasil, a cada duas horas, uma mulher é assassinada.


 
Por tudo isso, a presidente do Coren-MG destacou que, ao longo do tempo, houve avanços, mas é necessário haver muito mais, especialmente em relação às mulheres da enfermagem. “Precisamos nos empoderar. Na saúde, somos a maior força de trabalho e atuamos em equipe: enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Não existe segregação”, destacou.
 
Por fim, Carla Prado Silva fez um reconhecimento a toda as pessoas que a ajudaram e ao grupo eleito. “Agradeço às doutoras Nádia e Orlene, que sempre nos atendem, às autoridades presentes e aos 30 conselheiros eleitos. Mas o meu agradecimento maior é aos servidores. São vocês que fazem o Coren-MG funcionar. Também à minha madrinha, Terezinha, há mais de 30 anos como técnica em enfermagem, à minha tia Maria, que fica com minha filha, e à mulher da minha vida, por quem eu me levanto todos os dias: minha filha.”

A conselheira federal Nadia Mattos entregou os certificados para os conselheiros, entre eles, a presidente do Coren-MG, Carla Prado Silva

Também estiveram na cerimônia de posse e diplomação da gestão Coren-MG 2018-2020 a presidente da Associação Brasileira de Enfermagem – Seção Minas Gerais (ABEn-MG), Lívia Cozer Montenegro, o presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems-MG), Eduardo Silva, a presidente da Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), Solange Caetano, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo (Coren-ES), Wladimilson Gama Almeida, o presidente da Associação Nacional de Auxiliares e Técnicos de Enfermagem (Anaten), José Antônio da Costa, o presidente do Sindicato dos Enfermeiros de Minas Gerais (Seemg), Anderson Rodrigues, a presidente do Sindicato de Psicologia (Psindmg), Lourdes Machado, a presidente da Associação de Diabetes Infantil (ADI), Cidinha Campos, o vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ederson Alves da Silva, a vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel), Hilda Alexandrino, o vice-prefeito de Belo Horizonte, Paulo Lamac, o deputado estadual Antônio Jorge, a diretora administrativa-financeira do Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos (ISMP Brasil), Hessem Neiva, o assessor parlamentar do deputado estadual Tiago Ulisses, José Osvaldo de Melo, a chefe de gabinete do deputado estadual Fabiano Tolentino, Jaqueline Patusco, a coordenadora da Comissão Nacional de Técnicos e Auxiliares de Enfermagem (Conatenf), Rosângela Fernandes, a representante do Fórum das Entidades de Sete Lagoas, Bianca Rodrigues, o representante do presidente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) Wadson Ribeiro, Hebert Levi, os assessores técnicos do Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais (CRF-MG), Danúbia Salviano e Gabriel Barbosa e Enfermeiros Responsáveis Técnicos (RT’s).