Publicador de Conteúdos e Mídias

angle-left Profissionais de enfermagem de Uberlândia elegem representante no Conselho Municipal de Saúde

O Coren-MG realizou, no dia 22 de março, assembleia para eleição de representante da enfermagem no Conselho Municipal de Saúde de Uberlândia (CMSU), biênio 2018/2020. O evento aconteceu na Secretaria Municipal de Saúde da cidade. A divulgação da votação foi feita pelo Coren-MG, que convocou os profissionais da cidade a participar por meio de seu site, mídias sociais e e-mail.

A assembleia foi conduzida pela enfermeira fiscal e coordenadora adjunta de subseções do Coren-MG, Raquel Curcino de Andrade, com a colaboração de representantes da comissão eleitoral do CMSU, Fernanda Vieira da Mota, José Luiz Calixto Pereira, Jonathan Henrique Santos e Tânia Berbet Ferreira. Também participou da reunião a enfermeira Gerusa Tomaz Faria, que representou na comissão eleitoral os profissionais de enfermagem do município.

Participaram da assembleia o membro da Comissão Eleitoral do CMSU, Jonathan Santos;  a enfermeira Éricka Alves (eleita como conselheira efetiva); membros da Comissão Eleitoral do CMSU, Fernanda Mota e Tânia Lima; a coordenadora das subseções do Coren-MG, enfermeira fiscal Raquel Andrade; o enfermeiro Cleber Silva (eleito como primeiro suplente), o membro da Comissão Eleitoral do CMSU, José Pereira; a representante da comunidade de enfermagem, Gerusa Faria e a enfermeira Bruna Ribeiro (eleita como segunda suplente)

A assembleia contou com a presença de 45 profissionais, que foram chamados a manifestar interesse em concorrer às vagas de conselheiro efetivo e suplente. Foram apresentadas as documentações de candidatura dos enfermeiros Bruna Christiane Fernandes Soares Ribeiro, Cleber José da Silva Suzigan e Éricka Martins Vasconcelos Alves.

Após orientações e esclarecimentos sobre as competências legais do CMSU e sobre o processo eleitoral para escolha do representante da enfermagem, foi dada a palavra aos candidatos para que se apresentassem. Os profissionais, em comum acordo, definiram que constituíram chapa única, na qual a enfermeira Éricka Alves se candidatou para o cargo de conselheira titular e os enfermeiros Cleber Silva e Bruna Ribeiro como primeiro e segunda suplentes.

A assembleia contou com a presença de 45 profissionais de enfermagem

A votação se deu por meio de voto aberto, conforme orientação do Regimento Eleitoral do CMSU, e a chapa única foi eleita por unanimidade. Na ocasião ressaltou-se que todos os conselheiros deverão representar seus segmentos de forma legítima e legal. Em observância ao Decreto 10.941/2007, qualquer conselheiro poderá ser substituído por seu segmento a qualquer momento, conforme normas legais.

Sobre o CMSU – O Conselho Municipal de Saúde de Uberlândia (CMSU) tem por finalidade atuar, deliberar e fiscalizar a execução e a formulação das políticas de saúde do município de Uberlândia, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, nas estratégias e na promoção do processo de controle social em toda a sua amplitude, no âmbito dos setores público, privado, filantrópico, organizações não governamentais e subvencionado, conforme artigo 2º do Decreto 10.941/07.

O CMSU conta com 32 membros, com representação de usuários, do governo, de trabalhadores e prestadores de serviços de saúde, sendo um representante da enfermagem. A cada membro efetivo corresponderá um suplente, sendo o mandato do conselheiro de dois anos.