Publicador de Conteúdos e Mídias

angle-left Subseção Uberaba conta com novas instalações

Projetado para oferecer mais conforto aos inscritos do Coren-MG, o espaço recebeu o nome da enfermeira Nélia Piccirillo, que teve importante atuação na Enfermagem

Os filhos da enfermeira Nélia Piccirillo, Fernando e Nara, prestigiaram o evento, que também contou com a presença da coordenadora de subseções Raquel Curcino, da presidente do Coren-MG, enfermeira Carla Prado Silva, e da agente administratibo da subseção de Uberaba, Cristiane Faria

 

Data da publicação 14/06/2019

O Coren-MG sabe que todo cuidado é pouco quando o assunto é o atendimento aos inscritos. A fim de melhorar os serviços prestados aos profissionais de Enfermagem de Uberaba e região, o Conselho reformulou completamente as instalações da subseção no município. A cerimônia de reinauguração foi realizada no dia 29 de maio e contou com profissionais de Enfermagem e autoridades da região, entre outros.
 
A subseção continua a atender na Av. Leopoldino de Oliveira, 3490, no Centro, só que agora em nova sala: 601. A cerimônia de reinauguração do local foi aberta pela presidente do Coren-MG, Carla Prado Silva. Enfermeira fiscal há 12 anos, ela lembrou que a estrutura antiga e sem conforto para os profissionais de Enfermagem em Uberaba sempre a incomodou. “A subseção não tinha nem banheiros”, contou. Durante o evento, ela agradeceu o trabalho e o empenho da coordenadora adjunta de subseção, enfermeira Raquel Curcino de Andrade, da agente administrativo do Coren-MG em Uberaba, Cristiane Teixeira de Faria, e do assessor técnico do Conselho, Rodrigo Geraldo Oliveira.  
 
Nesse trabalho de melhorar e revitalizar as subseções, a diretoria do Coren-MG decidiu homenagear os profissionais de Enfermagem de destaque na região onde estão instaladas. Em Uberaba, a homenageada é a enfermeira Nélia Piccirillo, que agora nomeia a subseção. Nascida em São Sebastião do Paraíso, ela atuou na Enfermagem por 38 anos, tendo trabalhado na Santa Casa do município. Nélia Piccirillo também foi professora e supervisora de estágios no Campus Passos da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), além de ter fundado o Centro de Formação Profissional de Nível Médio (Cefan), na cidade de Passos, e a Escola Técnica de Formação Profissional de Minas Gerais (Efop/MG), em Uberaba. Ela morreu em decorrência de um câncer, em 2016.
 
A trajetória profissional de Nélia Piccirillo foi fundamental para a homenagem. Carla Prado destacou que, mesmo tendo uma história consolidada em Passos, no Sul de Minas, a enfermeira foi para Uberaba e tornou-se referência no ensino técnico de Enfermagem na cidade. “Para nós, é uma honra ter o nome dela na subseção. Agradeço muito a seus filhos que permitiram que colocássemos o nome dela aqui. A mãe de vocês é uma enfermeira que traz orgulho para nossa profissão. Tomara que cada um que saia daqui hoje propague o que a mãe de vocês fazia, que sejam profissionais dignos do nome da professora Nélia”, ressaltou
 
Presentes na cerimônia, os filhos da enfermeira, Nara e Fernando Piccirillo, ficaram honrados com a homenagem. “É um orgulho estar aqui hoje. Eu e o Fernando acompanhamos a trajetória dela como enfermeira e como mãe. Todo mundo que é enfermeiro sabe que não é fácil. Vivemos juntos com ela todas as etapas de trabalhar à noite, de dia, dar aula...”, relembrou Nara Piccirillo.
 
A filha da Nélia ressaltou, ainda, que a Enfermagem sempre foi a vida de sua mãe. “Não satisfeita em cuidar com as próprias mãos, quis multiplicar esse cuidado e trabalhou pela educação muitos anos. Construiu a escola, multiplicou o conhecimento e, ainda hoje, quase após três anos que ela partiu, nós continuamos seu legado, formando profissionais de Enfermagem. Para nós, é um orgulho muito grande receber esta homenagem.”
 
Graduada há 33 anos em Enfermagem pela UEMG, Campus Passos, a reitora da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Ana Lúcia de Assis Simões, lembrou com saudades da professora Nélia Piccirillo. “Ela foi nossa professora já nos primeiros períodos do curso e nossa paraninfa, e o que marcou sempre foi fazer a Enfermagem com alegria, com muito gosto, sempre sorrindo, brincando com a gente. É dessa Nélia que a gente se lembra”, recordou.
 
Feliz e emocionada, Ana Lúcia Simões disse acreditar que honrou um pouco dos ensinamentos que a enfermeira passou. Atualmente, mesmo distante da prática assistencial e da docência, a reitora da UFTM contou que tudo o que faz em seu trabalho cotidiano utiliza as habilidades e conhecimentos que são da Enfermagem. “Tenho certeza que isso fez a diferença na minha atuação. Sou muito grata à professora Nélia, que contribuiu muito para o que sou hoje. Ao chegar, vendo o nome dela na placa, me emocionei. Parabenizo o Coren-MG pela escolha. Tenho certeza de que é uma pessoa que representa toda a Enfermagem, não só de Uberaba, mas de Minas Gerais.”